Projeto Chef e Nutri na escola passa por escola do Plano Piloto

Após ações em outras cinco regiões, foi a vez de crianças e funcionários do CEF 04 aprenderem na cozinha.

Comer bem e saber os princípios da culinária também é educação. Com esse pensamento, o projeto Chef e Nutri na escola chegou à sexta escola em 2017. Nesta quinta-feira (21), foram as crianças e funcionários do Centro de Ensino Fundamental 04, na 113 Sul, que colocaram a mão na massa.

Assim como nas demais edições, a ação começou com uma reunião entre os coordenadores do projeto e representantes da escola para definir as datas e as turmas participantes. No CEF 04, foram escolhidas as crianças de 6º e 7º anos do período integral, que recebem o almoço no colégio.

Nesta quarta-feira (20), os alunos receberam a presença de nutricionistas da Secretaria de Educação, que explicaram sobre características dos alimentos, fundamentos de uma alimentação saudável e práticas de manuseio e higiene na cozinha.

Os ensinamentos foram usados na cozinha da unidade nesta quinta (21), quando o chef Sebastian Parasole ajudou na criação de um prato para ser servido no almoço. O menu criado em equipe com as merendeiras contou com arroz, feijão, filé de peixe Mapará, assado com limão e especiarias cultivadas na horta da escola, acompanhado de molho de abóbora. Para a sobremesa, uma “lasanha doce”, com camadas de banana e canela, biscoito maizena e mamão.

As novidades impressionaram as funcionárias do centro de ensino. “As receitas são um pouco diferentes do que costumamos fazer. A sobremesa nunca tinha visto. Usaremos daqui em diante”, relatou a merendeira Gilvaneide Lira.

Próximo do horário do almoço, 10 alunos com idade entre 10 e 12 anos foram para a cozinha auxiliar na montagem dos pratos. Com aventais, toucas e mãos higienizadas, foram eles os responsáveis por servir os colegas.

Uma das voluntárias, a estudante Clarisse Rodrigues Oliveira, de 12 anos, aprovou o projeto. “Em casa gosto de ajudar na cozinha e aprendi algumas coisas novas para aplicar”, apontou.

As receitas também foram aprovadas pelos colegas. “O peixe e o molho de abóbora ficaram muito bons, com um sabor diferente do que estamos acostumados”, elogiou Danilo Dias, de 15 anos, que fez questão de repetir.

Nada mais gratificante, segundo o próprio Chef. “A comida é simples, mas damos a vida no preparo. Com o projeto, instigamos esse interesse e, quem sabe, daqui não saiam cozinheiros e empreendedores”, afirmou Parasole.

Projeto Chef e Nutri na Escola

O modelo piloto do projeto Chef e Nutri na escola foi colocado em prática em 2016, no Centro de Ensino Fundamental (CEF) 1 do Guará. Devido ao sucesso da iniciativa, o projeto ganhou atenção dos integrantes da Diretoria de Alimentação da Secretaria de Educação, que decidiram por ampliá-lo para outras regionais de ensino.

Em 2017, o programa recebeu melhorias e passou por outras regionais, como Núcleo Bandeirante, Paranoá, Sobradinho, Taguatinga e, mais recentemente, no Plano Piloto. As regiões de Planaltina e Brazlândia ainda devem receber a visita do chef neste ano.

Como não é possível atender a todas as escolas, ao final do ano, o chef Sebastian Parasole ministrará uma aula teórica e prática para merendeiros e merendeiras das unidades visitadas e também de unidades que tenham interesse em participar. “A intenção é ter agentes multiplicadores, capazes de inserir novas ideias na cozinha”, explica o chef.

Matéria original: http://noticias.se.df.gov.br/noticias/ultimas-noticias/projeto-chef-e-nutri-na-escola-passa-por-escola-do-plano-piloto/

Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square